sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Cor do ano: Pantone escolhe um coral para o ano de 2019



Oi Pessoal,

Faz tempo que não tem post de moda aqui no Tear, né? Isso porque faz um tempo que eu mesma não tenho lido informações de moda.
Mas já é tradição fazer um post com a cor escolhida como "cor do ano", ou seja, que sera muito vista ao longo de 2019, tanto na Moda, quanto na arquitetura e no ramo da beleza.


terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Melhores do ano

Oi pessoal!
Tudo bem?
Pra fechar os assuntos de 2018 achei legal falar os três "melhores" de cada categoria abordada aqui no Tear.

Livros
Ano passado, como eu tinha proposto no início do ano, li um pouco menos pra focar na dissertação de mestrado. Que deu certo! Os três livros que escolhi são dos 11 lidos.

Nimona

Uma graphic novel de fantasia e fora do comum. Fiz resenha aqui no blog falando o quanto me surpreendeu positivamente.

A prisão do rei

O terceiro livro da série "A rainha vermelha" traz uma nova forma de narrativa. Possibilita conhecer mais os personagens e assim fica mais fácil de se interessar pela história. Lerei o qu
Uma curva no tempo



Esse foi o segundo livro que li da autora Dani Atkins e o primeiro que ela publicou. Assim com em A história de nos dois, eu chorei muuuuuito. A possibilidade de se um pequeno ato mudar tudo é muito reflexiva e ao mesmo tempo muito triste. Em breve teremos resenha aqui no Tear.


Filmes
Meus filmes favoritos eu assisti nas cabines e foram tantos que escolher só 3 foi quase uma missão impossivel, mas resolvi colocar estes, pode ser que mude depois.

Nasce uma estrela

Tem critica dela no Impulso HQ. Este filme me surpreendeu muito, tanto com a atuação da Lady Gaga, quanto na direção e na cantoria do Bradley Cooper.


Homem-Aranha no Aranhaverso

Também tem critica lá no Impulso HQ. A trilha sonora encaixa muito bem com a animação e minha historia favorita do Homem-Aranha agora é esta.

A vida em si

Amei esse filme, infelizmente perdi o prazo para escrever a critica no Geekblast, mas o filme tem uma reflexão maravilhosa sobre o sentido da vida e as pequenas coincidências e casos que acontecem.
Já parou pra pensar que a narrativa de alguém e sempre pouco confiável? A unica narrativa que se pode acreditar é a da vida em si, pois ela é a unica que sabe o que vem a seguir. Com essa premissa o filme apresenta relações humanas de forma a comparar a vida com uma narração cinematográfica ou literária.

O roteirista utiliza um texto que brinca com a ideia de narrador, herói e vilão. Encontros inusitados que ninguém explica, mas que a narradora Vida saberia.
A utilização de uma famosa canção do Bob Dylan como ferramenta para a trama e para explorar discurso sobre narrativa e não se deixar abalar com o que vem pela frente.


Séries

As séries eu farei um post ainda essa semana, pois quero falar mais delas.

Deixa ai nos comentários qual é o seu Top 3!

quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Tear em 2019

Oi pessoal!

O Tear voltará a programação normal e com mais posts a partir da semana que vem.
Deixem suas sugestões nos comentários.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2018